Archive for Papo sério

ABSURDO!!

Dólar atingiu a marca recorde desde o início do Plano Real:

dolar

E isso que a desgramenta* da presidente foi Ministra da Economia e se diz economista – o que é uma mentira já que ela NÃO se formou!

*desgraçada, horrorosa, nojenta, hipócrita, mentirosa, e por aí vai!

Dollar reached record mark in Brazil in the last 21 years, when Real was introduced as a new currency by the former President Fernando Henrique Cardoso, the Real plan’s political architect. At that time he was the Finance Minister, and was elected President 3 months later.*

And this with the actual President, Dilma Rousseff, that was the Finance Minister during President Lula government, and pretend to be an Economist – yeah, she lies about her graduation in Economy Sciences, something that never happened. 

Brazil is a mess! A huge horrible mess! We’re having the worst economic crisis since the Crack of 1929. The violence is totally out of control. The misery is growing. EVERYTHING SUCKS! And all is because of 3 terms of the Workers Party in the government. They became rich, they stole everything from health, education, destroyed Petrobras, made absurd deals with Venezuela, Argentina, Bolivia. ARGH! I don’t even know how to start explaining what they did to this country. 

It’s a shame! A huge disgusting shame!

*More info at “The Real Plan

Share on FacebookTweet about this on TwitterPin on PinterestShare on Google+Email this to someonePrint this page

JE SUIS MIGRANT

Eu não consigo passar incólume pelas tragédias do mundo. Nunca consegui. Eu não tenho estrutura psicológica para ver a fome, a dor, a miséria alheia sem que me afetem de forma praticamente pessoal. Choro, perco o sono, me estresso, tento imaginar soluções. Talvez eu seja muito passional, viva tudo muito a flor da pele. Mas não sei viver sem me preocupar pelo todo, pelo conjunto. Definitivamente eu não sei ser feliz sozinha! Posso ficar muito feliz por algo bom que aconteça a outras pessoas, mas não consigo ficar inteiramente feliz por algo de bom que aconteça só a mim.

image

Quando saí do Brasil pela primeira vez, me vi conscientemente aliviada ao não ver mendigos e crianças nas ruas pedindo esmola. Mas depois sofri morando na Espanha na época da guerra da separação da Yugoslavia. Participei do grupo da Cruz Vermelha fazendo triagem pra ver para onde seriam enviados os refugiados – a Espanha foi dos países que mais recebeu imigrantes da Yugoslavia.

Me lembro ainda antes, ainda criança, de chorar à noite quando vi as atrocidades de Idi Amin Dada – acho que foi a primeira vez que tive consciência do que é a maldade em massa. Sofro com as atrocidades de Mugabe no Zimbabwe. Tenho pesadelos com o Boko Haram. Ruanda. A exterminação de indígenas. O Apartheid. Faixa de Gaza. As milícias. Jalisco. As guerras e genocídios com desculpas religiosas. O sequestro de mais de 200 meninas estudantes para ser escravas sexuais. Os traficantes com suas leis de superioridade. Malala. Betty Mahmoody. Ayaan Hirsi Ali. Tibetanos massacrados por chineses. Os curdos por Saddam Hussein. Al Qaeda. Timor Leste. Biko. Camboja. Maagreb. Haiti. Líbia. Eritreia.

Hoje, vejo os refugiados andando quilômetros com apenas uma mochila ou um saco de dormir. Gente com cara de pobre, de rico. Gente bem ou mal vestida. Gente igual a nós. Pessoas que tinham uma vida normal, digna, tendo que deixar tudo para trás para simplesmente sobreviver dos horrores de grupos terroristas assassinos cruéis como o Estado Islâmico. E sempre alguém usando os livros sagrados, Al Quoran, Bíblia, ou o que seja, como justificativa para seus atos cruéis!

Anteontem eu vi um menino deitado na beira da praia. Parecia sereno. Parecia que dormia. Nos braços do guarda, sem ler a legenda, ainda parecia um menino dormindo.

Ele estava morto. Náufrago de um dos tantos barcos que tentam cruzar o Mediterrâneo e o Adriático em busca de uma oportunidade de vida, só vida, sem importar muito a qualidade. Ele, com seus pais e irmão, tentavam fugir da morte pelas mãos de bárbaros genocidas e caíram no colo da morte de um mundo que lhes negou a esperança.

Ele está morto. Ele está morto. Ele está morto! E não há nada que a gente possa fazer para ignorar ou apagar aquela imagem das nossas mentes.

Então eu choro…

Share on FacebookTweet about this on TwitterPin on PinterestShare on Google+Email this to someonePrint this page

BARACK OBAMA

This week my President bombed! I’m so proud of everything he conquered!

This morning the US Supreme Court has ruled that same-sex marriage is a legal right across the United States – “When all Americans are treated as equal, we are all more free ” – Barack Obama. Same sex marriage is a CONSTITUTIONAL right!

In the evening he delivered one of the most beautiful eulogy of the American history at Charleston shooting funeral of Rev. Clementa Pinckney.

Share on FacebookTweet about this on TwitterPin on PinterestShare on Google+Email this to someonePrint this page

QUANTAS PERDAS!

Puxa, mais uma perda querida neste final de julho…

Ariano-Suassuna

Morreu hoje o dramaturgo, romancista e poeta paraibano, ocupante da cadeira 32 da Academia Brasileira de Letras (patrono: Barão de Santo Ângelo), ARIANO VILAR SUASSUNA.

Suas obras mais conhecidas são “AUTO DA COMPADECIDA” e “A PEDRA DO REINO”.

No dia 19/07 foi o grande escritor, psicanalista, educador e teólogo RUBEM ALVES.

Rubem Alves

Termino com um poema de outro membro da ABL que também faleceu este mês, IVAN JUNQUEIRA (03/09/1934-03/07/2014), ensaísta, jornalista, tradutor, poeta e crítico literário.

TRISTEZA

Esta noite eu durmo de tristeza.

(O sono que eu tinha morreu ontem

queimado pelo fogo de meu bem.)

O que há em mim é só tristeza,

uma tristeza úmida, que se infiltra

pelas paredes de meu corpo

e depois fica pingando devagar

como lágrima de olho escondido.

 

(Ali, no canto apagado da sala,

meu sorriso é apenas um brinquedo

que a mãozinha da criança quebrou.)

 

E o resto é mesmo tristeza.

Ivan Junqueira – “Os Mortos”

Share on FacebookTweet about this on TwitterPin on PinterestShare on Google+Email this to someonePrint this page

INTERNATIONAL MANDELA DAY

Madiba followed three rules throughout his life:
1. Free yourself.
2. Free others.
3. Serve every day.

Today is the first INTERNATIONAL MANDELA DAY!

“What counts in life is not the mere fact that we have lived. It is what difference we have made to the lives of others that will determine the significance of the life we lead” – Nelson Mandela

Mandela Day is a global call to action for citizens of the world to take up the challenge and follow in the formidable footsteps of Madiba, a man who transformed his life, served his country and freed his people. Its objective is to inspire individuals to take action to help change the world for the better and in so doing, to build a global movement for good.

The question we must ask ourselves is what we are doing to make the world a better place; what are we doing to make every day a Mandela Day?

Mandela Day is dynamic and ever-changing: it belongs to everyone and can take place anywhere, at any time. We urge everyone to find inspiration for their contribution in the legacy of Nelson Mandela and to serve their fellow humans every day.

(Source: mandeladay.com)

#mandeladay

Share on FacebookTweet about this on TwitterPin on PinterestShare on Google+Email this to someonePrint this page

JOÃO UBALDO RIBEIRO

Esta é uma grande perda!

Itaparica, BA, 23/01/1941 – Rio de Janeiro, RJ, 18/07/2014

João Ubaldo Ribeiro

Share on FacebookTweet about this on TwitterPin on PinterestShare on Google+Email this to someonePrint this page

TAKE THE GUN SENSE QUESTIONANAIRE

All we ask is common sense. Nobody wants to remove your Second Amendmend (U.S. Bill of Rights) rights!

Share on FacebookTweet about this on TwitterPin on PinterestShare on Google+Email this to someonePrint this page

“EM ACABAMENTO É NORMAL”

A tragédia era anunciada. Só não sabíamos quando nem exatamente em qual das tantas obras. Para a Copa, ou com a desculpa da Copa, ou pelo motivo que for, temos um número absurdo de obras simultâneas no Brasil.

Brasil padrão FIFA…

Mas praticamente nada ficou pronto a tempo. E o que parece pronto está maquiado, ou seu acesso incompleto, ou improvisado, ou o caramba a quatro. Mas parece pronto para quem está de fora que não sabem que tudo é mais bem um grande cenário de circo.

E bem imaginamos que nenhuma dessas obras ficou dentro do orçamento, apesar de já superfaturados de origem. Também imaginamos que tenha havido desvio de verbas já que está já é uma prática quase “normal”. Fator Brasil, sabe como é, né?!

Nada, feito às pressas, dá certo, só filho! E como se fosse para fazer filho arregaçaram as pernas do país inteiro à irresponsáveis no poder que querem mostrar que são melhores que os anteriores às custas do suor e sangue do seu próprio povo. Enquanto assistem ao espetáculo de camarote tomando pinga com champagne e achando que só dois mortos é situação contornável.

Não vou deixar de torcer pelo Brasil nesta Copa, ou em qualquer outra Copa ou situação. Eu sempre torço pelo Brasil por amar nosso país e nosso povo! Eu tenho orgulho sim de ser brasileira, de minha pátria amada. Me envergonho de quem nos governa. Pessoas e partidos fétidos, nefastos.

Hoje não sei o que se espelha no futuro desta terra já não impávida. Não sei o que pode ser conquistado nem com braços fortes. Não sei onde encontrar esperança… E o único brado que retumba é o som do luto, das vidas arrancadas, da porra do viaduto despencando!

Márcio Lacerda, em nenhum momento isso é NORMAL! Nada disso é normal! Viadutos não caem simplesmente. Operários não despencam de construções. Carros não são esmagados. Acidentes NÃO acontecem assim, por nada. Existe sempre uma causa, e neste caso, algúm culpado!

E eu espero que ao menos hoje sua consciência e de TODOS envolvidos nesse desastre, pese, pese muito. E desejo que vocês e todos os políticos que estão destruindo nossa pátria amada idolatrada, nunca mais tenham uma noite de sono calma. Que as vidas perdidas hoje e em todas as sacanagens que vocês já fizeram, os assombre eternamente!

Share on FacebookTweet about this on TwitterPin on PinterestShare on Google+Email this to someonePrint this page

FABIANE MARIA DE JESUS

O FILHO DA PUTA que postou o retrato falado e a falsa notícia que levou à morte de Fabiane Maria de Jesus tem que ser preso para aprender a ser responsável pelo que diz, escreve, faz! Somos responsáveis por nossos atos, principalmente pelas consequências que acarretam!!

Nessas horas eu queria acreditar em deus para ter a certeza que ele e TODOS que participaram dessa atrocidade tenham seus lugares garantidos no inferno!!

Eu li a notícia ontem às 2:00 da madrugada. E vi o vídeo, o que me arrependi terrivelmente pois não consegui dormir pela dor de cabeça de tanto chorar. E isso que ainda nem estava comprovada a inocência de Fabiane!

O que faz que esses monstros se achem no direito de cometer essas atrocidades? Que desprezo é esse pela vida, pelo próximo? O que mais me choca é a falta em todos de qualquer sentimento de humanidade, aquele que nos dá aflição quando vemos alguém ferido e nos dá arrepios. Ou enjôo ao ver um cadáver? Ou tonturas ao nos deparar com alguém acidentado? Sabe aquele sentimento de embrulho no estômago??

Pois parece que esses monstros não sabem…

Semana passada nós dissemos que éramos todos macacos, e agora, o que vamos dizer? O que podemos dizer desses monstros??

Eu me nego a ser da mesma espécie que eles! Eu não sou isso! Eu nunca vou ser isso!

E por favor, não os chamem de animais já que eu sou animal da espécie homo sapien sapien, eles são monstros!

Share on FacebookTweet about this on TwitterPin on PinterestShare on Google+Email this to someonePrint this page

SAÚDE NOS EUA

Clica na imagem para ler o post escrito pela Luciana Misura sobre saúde nos EUA com depoimento meu!

Colagem

Share on FacebookTweet about this on TwitterPin on PinterestShare on Google+Email this to someonePrint this page