Archive for Meus discos e livros…

MA MA (2015)

El otro día una querida amiga me preguntó si yo había visto a la película “Ma Ma” con Penelope Cruz, pues la había visto aquél mismo día y se acordó de mi.
Me hice un gran rollo y le dije que sí, la había visto – confundí con otra película. Perdóname, @IngridLittman, por la confusión.
Bueno, la acabo de ver… Si me adentro en críticas, voy a tener que decir que hay muchísimos errores científicos, de relaciones médico-paciente, de unas cositas un tanto cursi. Muchos errores técnicos y un drama gigantesco que de tanto se hace surreal. O sea, no es una gran película. 
Pero no me voy a dedicar a esos detalles pues hay una cosa mucho más grande que todo eso: el trabajo de Penélope Cruz – en la verdad, no sé si habría una película si no fuera por ella.
Está ¡INCREÍBLE! Y hay unos pequeños detalles que ella consiguió capturar que sólo las que estuvimos allí saben. Una mirada a sí misma en el espejo. Una mirada a sua alrededor como si el mundo fuera etéreo, al menos por unos segundos.
Y la soledad… La increíble y gigantesca soledad que una siente, mismo si estuviera llena de personas a su alrededor – creo que por eso no aparecían amigos, familiares, personas extras, solamente los personages principales. No enseñan a nadie cocinando, haciendo las tareas de casa, que una mujer que esté haciendo la quimioterapia o pasando por la cirugía de remoción de la mama pueda hacerlo sola.
Merece la pena asistir la película y mirar a Penélope y a la ausencia de colores a su alrededor. A princípio la película parece muy blanca, pero en la realidad es gris, y negra, oscura, muy oscura…
Ma Ma (2015 – Escrita y dirigida por Julio Medem, con Penélope Cruz, Luis Tosar, Asier Etxeandia y el niño Teo Planell)
Share on FacebookTweet about this on TwitterPin on PinterestShare on Google+Email this to someonePrint this page

ANTONIO CARLOS BRASILEIRO DE ALMEIDA JOBIM

Passarim quis pousar, não deu voou e vem navegando o azul do firmamento pra fazer felia a quem se ama.

Chora manso, bem baixinho, que a luz dos olhos meus é um regato, é uma fonte, é um pedaço de pão, coisas que só o coração pode entender!

Fundamental é mesmo o amor! É a coisa mais linda que eu já vi passar!

Doce é sonhar porque eu não posso mais sofrer. Estou morrendo de saudades! A minha felicidade está sonhando por causa de você.

Vai meu coração, ouve a razão. Eu sei e você sabe, já que a vida quis assim, que no peito dos desafinados outras notas vão entrar.

Na brisa, uma canção fala em você: uma cidade a cantar, a sorrir, a cantar, a pedir. É, só tinha que ser com você, ouve só mais uma vez que o verbo amar não se conjuga sem você.

Não te quero enganar… Por toda minha vida eu vou te amar.

(Composta com trechos de várias canções do Mestre. Todos os direitos reservados à família Jobim. Não tenho nenhum intuito comercial ou de auto-promoção.)

Meu poeta quem dera ter você aqui comemorando seus 90 anos! Vontade de novas composições. Ainda tinha tanto para você escrever! Saudades tantas…

Share on FacebookTweet about this on TwitterPin on PinterestShare on Google+Email this to someonePrint this page

15 COISAS QUE VOCÊ NÃO DEVE A NINGUÉM EMBORA VOCÊ ACHE QUE DEVE

1. Você não deve qualquer explicação para sua situação de vida.
2. Você não deve qualquer explicação para as suas prioridades de vida.
3. Você não deve qualquer pedido de desculpas, se você não está arrependido.
4. Você não deve explicação a ninguém pelo tempo que passa sozinho.
5. Você não deve a ninguém explicações sobre suas crenças pessoais.
6. Você não deve a ninguém um sim a tudo o que dizem.
7. Você não deve qualquer explicação sobre a sua aparência física.
8. Você não deve qualquer explicação para as suas preferências alimentares.
9. Você não deve qualquer explicação para a sua vida sexual.
10. Você não deve qualquer explicação para a sua carreira ou opções de vida pessoal.
11. Você não deve qualquer explicação sobre as suas opiniões políticas ou religiosas.
12. Você não deve explicação a ninguém para ser único.
13. Você não deve ir a um encontro só porque a outra pessoa quer.
14. Você não deve qualquer explicação para a sua decisão sobre o casamento.
15. Você não deve qualquer explicação para as suas escolhas de relacionamento.

(Fonte: http://www.contioutra.com/15-coisas-que-voce-nao-deve-ninguem-embora-voce-ache-que-deve/)

Share on FacebookTweet about this on TwitterPin on PinterestShare on Google+Email this to someonePrint this page

QUANTAS PERDAS!

Puxa, mais uma perda querida neste final de julho…

Ariano-Suassuna

Morreu hoje o dramaturgo, romancista e poeta paraibano, ocupante da cadeira 32 da Academia Brasileira de Letras (patrono: Barão de Santo Ângelo), ARIANO VILAR SUASSUNA.

Suas obras mais conhecidas são “AUTO DA COMPADECIDA” e “A PEDRA DO REINO”.

No dia 19/07 foi o grande escritor, psicanalista, educador e teólogo RUBEM ALVES.

Rubem Alves

Termino com um poema de outro membro da ABL que também faleceu este mês, IVAN JUNQUEIRA (03/09/1934-03/07/2014), ensaísta, jornalista, tradutor, poeta e crítico literário.

TRISTEZA

Esta noite eu durmo de tristeza.

(O sono que eu tinha morreu ontem

queimado pelo fogo de meu bem.)

O que há em mim é só tristeza,

uma tristeza úmida, que se infiltra

pelas paredes de meu corpo

e depois fica pingando devagar

como lágrima de olho escondido.

 

(Ali, no canto apagado da sala,

meu sorriso é apenas um brinquedo

que a mãozinha da criança quebrou.)

 

E o resto é mesmo tristeza.

Ivan Junqueira – “Os Mortos”

Share on FacebookTweet about this on TwitterPin on PinterestShare on Google+Email this to someonePrint this page

INTERNATIONAL MANDELA DAY

Madiba followed three rules throughout his life:
1. Free yourself.
2. Free others.
3. Serve every day.

Today is the first INTERNATIONAL MANDELA DAY!

“What counts in life is not the mere fact that we have lived. It is what difference we have made to the lives of others that will determine the significance of the life we lead” – Nelson Mandela

Mandela Day is a global call to action for citizens of the world to take up the challenge and follow in the formidable footsteps of Madiba, a man who transformed his life, served his country and freed his people. Its objective is to inspire individuals to take action to help change the world for the better and in so doing, to build a global movement for good.

The question we must ask ourselves is what we are doing to make the world a better place; what are we doing to make every day a Mandela Day?

Mandela Day is dynamic and ever-changing: it belongs to everyone and can take place anywhere, at any time. We urge everyone to find inspiration for their contribution in the legacy of Nelson Mandela and to serve their fellow humans every day.

(Source: mandeladay.com)

#mandeladay

Share on FacebookTweet about this on TwitterPin on PinterestShare on Google+Email this to someonePrint this page

JOÃO UBALDO RIBEIRO

Esta é uma grande perda!

Itaparica, BA, 23/01/1941 – Rio de Janeiro, RJ, 18/07/2014

João Ubaldo Ribeiro

Share on FacebookTweet about this on TwitterPin on PinterestShare on Google+Email this to someonePrint this page

FERNANDO SIU – BEST LEADING ACTOR IN A MUSICAL (LOCAL) – LES MISERABLES

Fernando Siu, my nephew, was awarded with BEST LEADING ACTOR IN A MUSICAL (LOCAL) by BroadwayWorld San francisco Awards for his JEAN VALJEAN, in LES MISERABLES.

I’m extremely proud!

 

Fernando Siu as Jean Valjean

Share on FacebookTweet about this on TwitterPin on PinterestShare on Google+Email this to someonePrint this page

THE HISTORY OF ENGLISH

This is awesome! And pretty funny too!

Share on FacebookTweet about this on TwitterPin on PinterestShare on Google+Email this to someonePrint this page

MEU POETA – 19/10/1913

Vinicius

Poética

De manhã escureço
De dia tardo
De tarde anoiteço
De noite ardo.

A oeste a morte
Contra quem vivo
Do sul cativo
O este é meu norte.

Outros que contem
Passo por passo:
Eu morro ontem

Nasço amanhã
Ando onde há espaço:
– Meu tempo é quando.

– Vinicius de Moraes –

Share on FacebookTweet about this on TwitterPin on PinterestShare on Google+Email this to someonePrint this page

CRENÇAS

Super respeito sua crença, por quê então você quer me convencer que estou errada na minha descrença? Você acha um absurdo que eu não creia? Você me acha burra por isso? Louca? Então me ache, mas me deixe em paz, pelo amor do seu deus e pela falta de um meu! Obrigada!

Esta mensagem é destinada a todas aquelas pessoas que não podem aguentar caladas e se sentem na obrigação de querer, insistir, incomodar, com suas tentativas de catequizar-me. Aos demais, aos que temos respeito mútuo e amor, agradeço sempre o carinho que me passam em suas orações a seus deuses!

Share on FacebookTweet about this on TwitterPin on PinterestShare on Google+Email this to someonePrint this page