RELIGIAO, TOLERANCIA E CATEQUESE!

Não quero ofender ninguém que seja religioso, por favor! Ao contrário, respeito suas religiões, mas tudo tem um limite, né?!

Pois é… Eu tô cansada de gente tentando me catequisar! Não tento mudar a crença de ninguém, por quê querem mudar a minha descrença?!?! Este artigo da jornalista Eliane Brum na revista Época reflete exatamente o que sinto.

Em um mundo onde Sarah Sheeva e Mara Maravilha são pastoras, uma igreja prega a não-tolerância, e temos nomes de igrejas como “Igreja AUTOMOTIVA do Fogo Sagrado”, “Ig. Ev. Pentecostal CUSPE de Cristo”, “Ig. Ev. FLORZINHA de Cristo” e “Igreja CELULAR Internacional”, como ficamos, nós, ateus, ou pessoas de outras religiões?

3 comments

  1. Mauro says:

    Muito legal essa matéria mesmo. Acho que ela acertou na mosca.

    E eu, particularmente, hoje em dia pratico a tolerância religiosa. Ou seja, tolero os religiosos. Mas respeitar as religiões? Não respeito idéias tacanhas e sem fundamento, então não.

  2. Mauro says:

    Aliás, Naluh, seu template tem um monte de junk escondido criando links para sites nas páginas, coisa comum em templates gratuitos que você acha por aí (se você desligar o javascript vai ver, aparecem entre o texto do post e os comentários).

    Leia este post aqui, tem muita informação sobre o assunto:

    http://wpmu.org/why-you-should-never-search-for-free-wordpress-themes-in-google-or-anywhere-else/

  3. Ingrid Littmann says:

    Querida Naluh,

    Atraves do seu blog me deparei com outro maravilhoso blog Panorama da Janela, lá ela escreve sobre Ayn Rand.

    Fiquei tão admirada por essa mulher que comecei a pesquisar sobre, ela fala sobre individualismo, religião, ateismo, feminismo e outros temas.

    http://www.youtube.com/watch?v=QMFUPmoH9Ss&feature=related

    espero que você goste porque tem haver com que você escreveu, beijos

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *