CONCLUSÃO DE FATOS?

A frase é de Freud, nenhuma novidade e muitos a conhecem. Mas sabe quando a gente finalmente começa a colher os frutos de uma longa e profunda transformação em nossa vida? E tomamos o conhecimento que esses frutos não são temporários, que são simplesmente parte do seu “eu”?

A transformação ocorre ao seu redor, na sua vida, feita por você e forçada pelos acontecimentos da vida, mas o que vem à tona mesmo, depois de você finalmente conseguir respirar sem esforço é a sua essência!

Pois é, essa frase de Freud me mostrou com tanta simplicidade a base de toda minha transformação, resgate de quem realmente sou e meus questionamentos! Aqui vai:

“QUANDO A DOR DE NÃO ESTAR VIVENDO FOR MAIOR QUE O MEDO DA MUDANÇA, A PESSOA MUDA.”

Share on FacebookTweet about this on TwitterPin on PinterestShare on Google+Email this to someonePrint this page

COMENTÁRIOS

  1. Delma says:

    Oi querida

    Quanto tempo sem vir aqui!!
    Vc agora está morando em Beagá? Vou passar por BH dia 07/07 (vou ser madrinha de um casamento).
    Espero que esteja tudo bem com vc.

    Um beijão e tudo de bom

    Delma

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *