Tag Archive for UPA

UM DIA ‘COMUM’ EM UMA UPA DE UMA COMUNIDADE BRASILEIRA

A mãe e o pai chegam a uma UPA com um filho bebê, de 3 anos, desfalecido, inconsciente, nos seus braços.
O filho tem problemas de saúde, cardíaco.
Já a atendente é grossa e diz que eles tem que esperar sua vez.
O filho está desmaiado, desfalecido, ainda não se sabe se ainda vivo.
A mãe implora, aos prantos.
Lhes é permitida a entrada a uma sala onde DOIS médicos decidem não fazer nada pois não tinham recursos, oxigênio, etc…
Realmente, não tinham.
Mas um MÉDICO faz o impossível para tentar salvar uma criança cardíaca desfalecida.
Sem aparelhos podemos escutar a respiração, ouvir as batidas cardíacas, medir a pulsação.
Sem aparelhos podemos fazer massagem cardíaca, respiração artificial.
Esse dois médicos decidiram NÃO FAZER NADA! NADA!
Esses dois médicos fizeram o juramento de Hipócrates, mas optaram por NÃO prestar socorro a um bebê de 3 anos!
Esses dois médicos fizeram o juramento de Hipócrates, mas optaram por dizer aos pais que a criança já estava morta, que não havia nada a fazer.
Mas uma ambulância foi chamada, e apesar de demorar DUAS HORAS E MEIA, levou os pais e o bebê ao hospital.
O bebê está bem. Teve uma síncope – talvez por seu problema cardíaco, talvez pelo calor, quem sabe?
O bebê recebeu alta, voltou para casa. Está bem. Jantou. Mamou. Brincou. Agora dorme o sono dos inocentes, como deve ser.
Mas… Esses dois médicos fizeram o juramento de Hipócrates e NÃO FIZERAM NADA!!!! ABSOLUTAMENTE NADA!!

Share on FacebookTweet about this on TwitterPin on PinterestShare on Google+Email this to someonePrint this page